Publishing that contributes to reclaiming the past, contesting the present and inventing the future
Cozinhar_Um_Continen_Cover_for_Kindle

Críticas da obra:
“Uma provocante crítica à extração contemporânea dos recursos (talvez mais adequadamente, “exploração” dos recursos) na África Subsariana. Na sua convincente análise, e em momentos abrasadora, Bassey apresenta uma critica cativante e abrangente da crise social e ambiental que se vive na África” – Chatham House
“De escravos a diamantes e passando pelo petróleo, há muito que os países mais consumistas têm vindo a pilhar a África a seu bel-prazer. Bassey explica muito bem como tudo isso tem vindo a acontecer, frisando bem o que procura a África: Justiça. Leia a obra e junte-se ao apelo de Bassey” – Annie Leonard, autora d´A estória das coisas
“Um livro que explica, de forma perspicaz e eloquente, o que a África pode fazer para travar as novas formas de colonização exacerbadas pelo caos das mudanças climáticas” – Pablo Solon, ex-embaixador da Bolívia nas Nações Unidas
“É uma obra que, a par da forte denúncia que faz da ganância e do saque da riqueza africana, apresenta perspetivas de esperança” – Camilla Toulmin, presidente do Instituto Internacional de Desenvolvimento e Meio Ambiente
“A África e o seu ambiente. Com um estilo refrescante, o autor torna as suas ideias extremamente acessíveis. Um dos mais proeminentes ambientalistas da África, faz uma análise abrangente dos desafios que enfrenta o continente, inspirando as pessoas a agir.” – David Fig, Presidente da Biowatch South Africa e autor do Staking Their Claims
“Para aqueles que ainda estão sépticos dos efeitos das mudanças climáticas, este livro vai deixa-los não apenas incomodados e preocupados, mas também motiva-los a fazer alguma coisa” – Nigerian Compass

O nigeriano Nnimmo Bassey é arquiteto, ativista ambiental e escritor. Foi presidente dos Amigos da Terra Internacional (Friends of the Earth International) de 2008 a 2012 e Diretor Executivo da Ação pelos Direitos Ambientais (Environmental Rights Action) durante duas décadas. Em 2009, foi nomeado “Herói do Ambiente” pela revista Time e, em 2010, foi co-vencedor do prestigiado Right Livelihood Award (considerado o Prémio Nobel Alternativo). Em 2012, ganhou o Rafto Prize. É atualmente diretor da Fundação Health of Mother Earth, uma organização ambientalista de reflexão e advocacia.

  • ISBN print: 9781500405953
  • Publication date: Jul 03 2014
  • Page count: 206
  • Binding type: US Trade Paper
  • Trim size: 6
  • Language: Portuguese
  • Colour: Black and White
  • Print book available from: https://www.createspace.com/4887237
For booksellers and distributors: please contact us

Author Nnimmo Bassey

Nnimmo Bassey is a Nigerian environmental justice activist, architect, essayist and poet. He is the director of the ecological think-tank, Health of Mother Earth Foundation (HOMEF) and coordinator of Oilwatch International. He was the chair of Friends of the Earth International (the largest grassroots environmental organisation in the world) from 2008-2012 as well as the co-founder and executive director of Environmental Rights Action (1993-2013) which is based in Nigeria (in Benin city, Lagos, Abuja, Port Harcourt and Yenagoa).He was a co-recipient of the 2010 Right Livelihood Award also known as the “Alternative Nobel Prize.” In 2012 he received the Rafto Human Rights Award and in 2014 he was awarded Nigeria’s national honour as a Member of the Federal Republic (MFR) in recognition of his environmental activism.Nnimmo Bassey is the author of the highly acclaimed book, To Cook a Continent, which details the destructive impacts of the extractive industries and the climate crises in Africa. He has also authored books on architecture. His poetry focuses on environmental justice. 'We thought it was oil but it was blood' and 'I will not dance to your beat', are two of his most widely known books of poems.